segunda-feira, 6 de abril de 2009

Reflexividade

Que coisa estranha
Sentir sono
Ou perceber-se ao ingerir comida
Que coisa estranha
estar apaixonado
E sentir muita vontade
de fazer algo idiota
Que coisa estranha
é essa vida
Que nos semea sentimentos
E nos tira de si
Para nos levar vendados
Ao salão dos espelhos lúcidos

Um comentário:

Ariana Guides disse...

é de fato estranha...

... graças aos sentimentos


GRAÇAS...

ainda bem que eles existem! hehe